Chicago P.D. já trouxe algumas tristes despedidas ao longo de suas sete temporadas, incluindo o detetive Sheldon Jin, vivido por Archie Kao. Agora vamos mergulhar no porquê do astro ter deixado a série.

Jin era especializado em vigilância e tecnologia, mas não era exatamente o que parecia ser. Edwin Stillwell, de assuntos internos, chantageou Jin para que ele vigiasse o sargento Hank Voight.

Foi na primeira temporada que seus dias de informante relutante acabaram. Nessa ocasião, o detetive é assassinado por Stillwell, para cobrir seus passos.


O personagem foi redimido na segunda temporada, quando um pendrive com provas contra Stillwell foi descoberto, o que levou à queda do agente de assuntos internos.

Ainda assim, Jin se despediu da série, mas fica a questão: essa saída foi motivada por algo na vida real?

O real motivo

Em entrevista ao TV Guide, o showrunner Matt Olsmtead revelou que a morte de Sheldon Jin foi feita especialmente para chocar a audiência e os personagens.

A surpresa foi grande até para a equipe por trás da série, que somente percebeu que não havia outra alternativa no meio do processo.

“[Archie] não sabia, tampouco nós sabíamos”, disse Olmstead. “É um daqueles cenários em que a história segue para uma direção e precisa de um cliffhanger, um grande impacto no final da temporada”.

O showrunner ainda revelou que essa morte serviu para juntar todos os personagens da série.

“Ela afeta todo mundo, definitivamente pelos próximos três ou quatro episódios, até que todos possam se reunir como família”, disse o showrunner de Chicago P.D.

Dito isso, ficou claro que a saída do personagem não ocorreu em razão de brigas ou discordâncias nos bastidores. Realmente estava no momento do detetive sair da história.

Chicago P.D. deve voltar no final de 2020. No Brasil, a série é exibida no canal Universal e está disponível no Globoplay.