Erin Lindsay (Sophia Bush) era uma das personagens preferidas dos fãs em Chicago P.D., mas isso não impediu sua saída na quarta temporada da série.

Em Chicago P.D., Erin aceitou um trabalho no FBI em Nova York, o que, naturalmente, significou a saída da personagem de Chicago e a partida da atriz da série.

Essa despedida, no entanto, deixa aberta a possibilidade da personagem retornar no futuro. Mas isso não deve acontecer.


Os produtores de Chicago P.D. não queriam que Sophia Bush saísse da série, mas ela realmente não gostava de trabalhar ali.

Péssimo ambiente de trabalho

Bush tinha assinado um contrato para permanecer em Chicago P.D. por mais três temporadas, mas ela, aparentemente, desgostava tanto de trabalhar ali que chegou a ameaçar processar a produção, para poder sair.

De fato, a atriz queria deixar a série muito antes e chegou a descrever o ambiente de trabalho como “não saudável”.

Em conversa com Dax Shepard no seu podcast, Bush disse que filmar no frio era ruim para sua saúde. “Meu corpo estava, tipo, caindo aos pedaços, porque eu estava realmente, realmente infeliz”, disse a atriz de Chicago P.D.

 Não bastasse isso, ela revelou ter sofrido com “inúmeros ataques e comportamentos abusivos”. Aparentemente, ela achava que gravar o dia todo no frio de Chicago era um absurdo e os produtores não cederam.

Ao ameaçar processar os produtores, ela conseguiu fazer com que se livrassem da personagem na série.

Chicago P.D. deve retornar no fim de 2020. No Brasil, a série é exibida no canal Universal e está disponível na Globoplay.