Darth Vader não é apenas um dos maiores vilões de todos os tempos, mas também o personagem central da franquia Star Wars.

Infelizmente, já é justo dizer que a nova trilogia de Star Wars destruiu o legado de Anakin Skywalker/Darth Vader na franquia.

Na nova fase de filmes feita pela Disney, os seis filmes coesos de George Lucas, que amarravam a história de Star Wars com Darth Vader como personagem central, acabaram desfazendo grande parte do que foi construído.


Em um artigo, falamos a seguir sobre o legado prejudicado de Darth Vader em Star Wars.

A Saga dos Skywalker era a história de Vader, originalmente

Quando a trilogia original de Star Wars foi lançada, todos achavam que a história da franquia era sobre o jovem Luke Skywalker, mas o lançamento dos episódios I, II e III mostraram um cenário mais amplo para a franquia.

Contando a história da queda de Anakin Skywalker e sua ascensão como Darth Vader, a trilogia prelúdio mostrou como Star Wars era mais sobre Darth Vader do que sobre Luke. Com a totalidade dos episódios de I a VI, ficou evidente que George Lucas queria contar a história do crescimento, queda, e redenção do Jedi Anakin Skywalker.

Infelizmente, tudo acabou sendo desfeito pela nova trilogia de Star Wars

O legado de Vader nos episódios VII e VIII

Em O Despertar da Força (2015), o legado de Darth Vader é totalmente corrompido. Sua redenção em O Retorno de Jedi (1983) é totalmente ignorada quando percebemos que Kylo Ren cultua a velha máscara – e os velhos hábitos – de seu avô.

Sim, Kylo Ren escolheu ignorar o legado positivo de Anakin Skywalker, mas a ausência do personagem como um Jedi redimido incomoda. Yoda aparece como um espírito da Força, mas Anakin não aparece em nenhum momento durante os episódios VII e VIII de Star Wars.

Ou seja, além de mostrar o legado negativo de Darth Vader, a nova trilogia de Star Wars também omite o personagem mais importante da saga, mesmo tendo a possibilidade de inclui-lo como um fantasma da Força.

Star Wars: A Ascensão Skywalker, episódio IX da franquia que pretende encerrar a chamada Saga dos Skywalker tenta consertar esse erro, mas também falha miseravelmente.

A Ascensão Skywalker não fez o suficiente

A trilogia nova esperou até o terceiro ato de Star Wars: A Ascensão Skywalker para reverenciar o sacrifício de Anakin Skywalker.

Enquanto Rey enfrenta Palpatine, as vozes dos Jedi antigos surgem para ajudá-la. Uma delas é a de Anakin Skywalker (Hayden Christensen) que diz, “Rey… traga o equilíbrio, Rey, como eu fiz… a Força te cerca, Rey… Leve-a com você”, diz o Jedi.

Esse momento foi de fato incrível, mas Star Wars podia ter feito muito mais. Anakin Skywalker é O Escolhido da Força, o personagem mais importante da franquia e o mais poderoso entre os Skywalker. O último filme da saga deveria ter trazido sua presença com muito mais força, e isso não aconteceu.

É irônico que Rey tome para si o nome Skywalker ao final do filme, quando a franquia Star Wars ignorou o Skywalker que começou tudo.

Daqui a dois anos, a saga oficial vai iniciar uma nova trilogia. Os próximos filmes de Star Wars têm estreias marcadas para dezembro de 2022, dezembro de 2024 e dezembro de 2026.